Crises nos Anos 80: O Ceticismo Juvenil Traduzido nas Canções do Rock Brasileiro.

Eliana Batista Ramos

Resumo


A década de 80, apelidada de “década perdida” no sentido econômico, foi vista
por alguns do mesmo modo com relação à participação juvenil (política e socialmente). A
principal justificativa para isso pode ser a crise mundial do período. No rastro do processo
de redemocratização de muitos países da América Latina, sobravam crises econômicas,
sociais e dívidas externas fabulosas. O Brasil, inserido neste processo, se viu envolvido numa crise sem precedentes. As juventudes2 urbanas do período passaram a representar a
alienação, a despolitização e a falta de identificação com movimentos sociais, como já fora
observado antes. Somando-se a isso, o mundo ainda enfrentava o “fantasma” da Guerra
Fria e a clara percepção dos efeitos da globalização, culminando numa eminente crise de
identidade que acrescentada à crise econômica, faziam do mundo um grande campo de
incertezas.


Palavras-chave


Juventude; Crise, Anos 80

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

Programa de Pós-Graduação em História

Universidade Federal do Rio Grande - FURG

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia