O “velho” Lemos como transformador do orphanato municipal

Autores

  • Marcia Cristina Ribeiro Gonçalves Nunes Universidade da Amazônia - UNAMA

DOI:

https://doi.org/10.14295/rbhcs.v12i24.11979

Palavras-chave:

Orfanato, Práticas educativas, Instituto Tecnológico

Resumo

Durante os anos de 1897-1911, Lemos foi a autoridade política do município, sendo, portanto, quem regia as ações governamentais municipais, administrando os recursos para o “embelezamento da cidade”. Durante seu cargo de Intendente e dentre as ações realizadas em prol do embelezamento da cidade, estava o abrigo e amparo dos órfãos desvalidos, o que levou as políticas instituídas por Lemos a ter ligação direta com o Orphelinato Paraense até, tal instituição, passar a ser responsabilidade do município, criada por uma lei municipal que lhe dava autonomia para reorganizar e modelar o ensino das órfãs. Na concepção de Antônio Lemos, como deveria se dar a educação dessas meninas órfãs? Este artigo visa analisar as práticas educativas e socioassistenciais destas meninas órfãs, na Intendência de Antônio Lemos, da passagem do “Orphelinato Paraense” produzido no passado para o “Orphanato Antônio Lemos” de responsabilidade municipal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcia Cristina Ribeiro Gonçalves Nunes, Universidade da Amazônia - UNAMA

Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura - PPGCLC/UNAMA 

 

Referências

ÁLBUM DO ESTADO DO PARÁ, 1908. Organizado por Ex. Sr. Dr. Augusto Montenegro Governador do Estado. Oito anos do Governo (1901 a 1903). PARIS, Imprimerie Chaponet (Jean Cussac), 7, Rue Bleue, 7.

A PROVÍNCIA DO PARÁ, 05 de agosto, 1983.

A PROVÍNCIA DO PARÁ, 14 de junho de 1906.

A PROVÍNCIA DO PARÁ, 17 de junho de 1908.

A PROVÍNCIA DO PARÁ, 11 de janeiro de 1909.

BELÉM, Leis e Resoluções Municipaes de 1900. Codificadas na Administração Municipal do Senador Antônio José de Lemos. Conselho Municipal de Belém. Belém: Typ. De Tavares Cardoso & Ca. 1901.

BELÉM, Lei nº 370, de 28 de Dezembro de 1903. Regula e reorganiza o Orphelinato Municipal. Intendência Municipal de Belém, 1903.

BELÉM, Lei Municipal nº 433, de 15 de março de 1906. Autoriza a reforma do Orphelinato Municipal e o transforma em Orphanato Antônio Lemos. Intendência Municipal de Belém, 1906.

CASTANHO, Sérgio. Institucionalização escolar no Brasil: 1879-1930. 2005. Disponível em: http://www.faced.ufu.br/colubhe06/anais/arquivos/525SergioCastanho .pdf; Acesso em: 18/10/2011

FALEIROS, V. P. Infância e Adolescência: trabalhar, educar, assistir, proteger. Revista Ágora, ano 1, n.1 outubro de 2004 - ISSN -1807-698X

GULASSA, M. L. C. R. Novos rumos do acolhimento institucional. São Paulo: NECA – Associação dos Pesquisadores de Núcleos e Estudos e Pesquisas sobre a Criança e Adolescente, 2010.

NUNES, Marcia Cristina Ribeiro Gonçalves. Rumo ao Boulevard da Republica: entre a cidade imperial e a metrópole republicana. Tese (Doutorado), Universidade Federal do Pará – UFPA, Belém, PA, 2017.

PARÁ. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1900;

________. O município de Belém, 1897 a 1902: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1902;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1903;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1904;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1905;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1906;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1908;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1909;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Senador Antônio Lemos. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1910;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Virgilio Martins Lopes de Mendonça. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1912;

________. O município de Belém: Relatório apresentado ao Conselho Municipal de Belém pelo Intendente Virgilio Martins Lopes de Mendonça. Belém: Arquivo da Intendência Municipal, 1913;

PIMENTA, Adriene Suellen Ferreira. Educação de Meninas no Orphelinato Paraense (1893-1910). Tese (Doutorado), Universidade do Estado do Pará – UEPA, Belém, PA, 2013.

REVISTA DE EDUCAÇÃO E ENSINO. Vol. I, nº 12. Pará-Brasil: Direção Geração da Instrução Pública, dezembro de 1893;

SANFELICE, José Luís. História das Instituições Escolares. In: NASCIMENTO, Maria Isabel Moura... [et al.]. Instituições Escolares no Brasil: conceitos e reconstrução histórica. Campinas, SP: Autores associados: HISTEDBR, 2007;

SARGES, Maria de Nazaré. Belém: Riquezas produzindo a Belle Époque (1870-1910). Belém: Paka-Tatu, 2010

TOCANTINS, Leandro. Santa Maria de Belém do Grão Pará: instantes e evocações da cidade. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira S.A., 1963.

Downloads

Publicado

2020-12-11

Como Citar

Nunes, M. C. R. G. (2020). O “velho” Lemos como transformador do orphanato municipal. Revista Brasileira De História &Amp; Ciências Sociais, 12(24), 16–35. https://doi.org/10.14295/rbhcs.v12i24.11979