Algumas considerações sobre a judicialização da política na América Latina

Autores

  • Carlos Artur Gallo UFRGS

Palavras-chave:

Cidadania – Judicialização da Política – Poder Judiciário

Resumo

Analisadas as relações entre Poder Judiciário, sociedade e política na atualidade latino-americana, vê-se a crescente importância do papel (político) desempenhado pelos tribunais, sendo cada vez mais perceptível a judicialização da política; que existe quando a ação política dos indivíduos é atingida e/ou influenciada pelo exercício das atividades jurisdicionais e, em outras palavras, quando há maior procura e atuação do Judiciário solucionando demandas e tensões que costumavam ou deveriam ser solucionadas com o exercício das funções inerentes aos Poderes Executivo e Legislativo. Basicamente, o presente estudo pretendeu atentar ao fato de que com a reconfiguração da relação entre os poderes estatais e a sociedade foi possibilitada a criação/ampliação de um espaço alternativo para o exercício da cidadania.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Artur Gallo, UFRGS

Advogado, bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pelo Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter, Canoas, 2007), graduando em Ciências Sociais e realiza especialização em Direito Internacional Público e Privado e Direito da Integração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, Porto Alegre).

Downloads

Publicado

2015-05-30

Como Citar

Gallo, C. A. (2015). Algumas considerações sobre a judicialização da política na América Latina. Revista Brasileira De História &Amp; Ciências Sociais, 1(2). Recuperado de https://www.rbhcs.com/rbhcs/article/view/10383